9 filmes que mudaram a maneira como pensamos sobre o amor negro

9 filmes que mudaram a maneira como pensamos sobre o amor negro

Analise a maioria das listas dos maiores rom-coms de todos os tempos e você perceberá que os filmes que apresentam leads negros estão gravemente sub-representados ou simplesmente ausentes.

Você não vai encontrar Eddie Murphy encantando seu caminho nos corações de suas principais mulheres em qualquer um dos seus mega-hits dos anos 1980 ou 1990. Ou Sanaa Lathan e Omar Epps jogando um último jogo de um-para-um e inevitavelmente se apaixonando em "Love & Basketball".

Os escritores da cultura pop que montam essas listas são parcialmente responsáveis, mas não assumem toda a culpa. Hollywood tem demorado a criar filmes para o público negro e geral criados por cineastas negros que buscam destacar a vida negra e o amor em toda a sua complexidade e relacionabilidade.

Claro, Sidney Poitier veio jantar em 1967, mas, em geral, os retratos românticos negros receberam pouca atenção.

Felizmente, a década de 1990 inaugurou uma era de rom-coms com muitas pistas negras, de “The Best Man” e “Love Jones” até “How Stella Got Her Groove Back”. Black love – a ideia simples, mas revolucionária, de que black casais existem em sua cultura e em sua afeição um pelo outro – foi finalmente dado o devido.

Já é hora de reconhecermos alguns desses filmes. Com o Mês da História Negra em andamento, pedimos a escritores e editores negros que compartilhassem um filme retratando um romance negro que é falado a eles ao longo dos anos. Veja o que eles tinham a dizer abaixo.

“O Melhor Homem” (1999)

<div classe = "js-reagir-hidratador" data-component-name = "YouTube" data-component-id = "1878" data-componente-props = "{" itemType ":" video "," index ": 8 , "contentListType": "embed", "code": "

"," tipo ":" vídeo "," meta ": {" url ":" https://www.youtube.com/watch?v=GqfvBojU0h4 "," tipo ":" vídeo "," versão ":" 1.0 "," title ":" O Melhor Homem – Trailer "," author ":" O Melhor Homem – Trailer "," author_url ":" https://www.youtube.com/channel/UCSZXiBMssARuby45evVtrMA "," provider_name " : "YouTube", "description": "Apaixone-se por um elenco de estrelas, incluindo Taye Diggs e Terrence Howard, enquanto eles se reúnem para celebrar um casamento e confrontar os segredos selvagens de seus dias de faculdade.", "Thumbnail_url" : "https://i.ytimg.com/vi/GqfvBojU0h4/mqdefault.jpg", "thumbnail_width": 320, "thumbnail_height": 180, "cache_age": 86400}, "fullBleed": falso, "opções": {"device": "desktop", "slideshowAd": {"scriptTags":[], "otherHtml": ""}, "slideshowEndCard": {"scriptTags":[{“attribs”:{},”scriptBody”:”rn (function(){rn var c = document.getElementById(‘taboola-endslate-thumbnails’);rn c.id += ‘-‘ + Math.round(Math.random()*1e16);rn rn var taboolaParams = {rn loader: “//cdn.taboola.com/libtrc/aol-huffingtonpost/loader.js”,rn mode: “thumbnails-b”,rn container: c.id,rn placement: “Endslate Thumbnails”,rn target_type: “mix”rn };rn rn rn doTaboola(taboolaParams);rn rn }());rn”}]"otherHtml": "

"}," entryId ":" 5c5c6851e4b09b65aead7651 "," isWide ": falso," headerOverride ": null," isNative ": falso," commercialVideo ": {" provider ":" custom "," site_and_category ":" us.relationships "," package ": null}}}">

″ ‘The Best Man’ estreou para o público americano em todo o país em 1999, mas em 2019, para mim, ainda é um dos mais relevantes e mais belos exemplos de romance negro até hoje. Nos anos 90, a representação era limitada para os negros americanos. Nós tivemos alguns seriados e filmes que se transformaram em retratos icônicos, mas ainda nos dava um escopo limitado do que realmente significava ser negro e apaixonado. "The Best Man" foi icônico por várias razões, mas especificamente, retratou a classe média negra de uma forma que não havia sido feita antes no cinema. Ignorou a narrativa da opressão e mergulhou em emoções e relacionamentos complicados, representações multifacetadas da expressão e, mais importante, perdão no contexto de uma comédia romântica.

"The Best Man" mostrou que, mesmo quando um casal pode parecer ter tudo, todos têm seus problemas. Ele narrou a importância de valorizar seu parceiro e apreciar sua singularidade. É descompactado como nem todo casal deve estar junto, mas o seu próximo grande amor pode estar batendo à sua porta (literalmente). Finalmente, nos mostrou que você precisa amar a si mesmo antes de poder se apaixonar por outra pessoa. O filme será sempre um dos meus favoritos e, ao completar 20 anos, seu retrato do amor negro é clássico ”. Brennan DuBose, editor de audiência do HuffPost

"Luar" (2016)

<div classe = "js-reagir-hidratador" data-componente-nome = "YouTube" data-component-id = "5864" data-componente-props = "{" itemType ":" video "," index ": 12 , "contentListType": "embed", "code": "

"," tipo ":" video "," meta ": {" url ":" https://www.youtube.com/watch?v=9NJj12tJzqc "," tipo ":" video "," versão ":" 1.0 "," title ":" Moonlight | Trailer Oficial HD | A24 "," autor ":" A24 "," author_url ":" https://www.youtube.com/channel/UCuPivVjnfNo4mb3Oog_frZg "," provider_name ":" YouTube "," descrição ":" SUBSCREVER: http: // bit.ly/A24subscribennWinner de 3 Academy Awards®, incluindo Melhor Filme, do diretor Barry Jenkins e estrelado por Naomie Harris, André Holland, Mahershala Ali, Janelle Monáe e Trevante Rhodes. MOONLIGHT – Agora disponível em todos os lugares! N nRELEASE DATA: 21 de outubro de 2016 nSCRITOR / DIRETOR: Barry Jenkins nCAST: Trevante Rhodes, Naomie Harris, Andre Holland e Mahershala Ali n nVisite o luar SÍTIO WEB: http: // bit.ly/MoonlightFilmnLike Moonlight no FACEBOOK: http://bit.ly/MoonlightFBnFollow Moonlight no TWITTER: http://bit.ly/MoonlightTWnnNOW DISPONÍVEL PARA ALUGAR ou COMPRA! n nAluguel ou comprá-lo no iTUNES: http://bit.ly/MoonlightMovie_iTunesnRent ou comprá-lo em AMAZON: http://bit.ly/Moonlight_AmazonnComprar em DVD / BLU-RAY: http: // bit.ly/Moonlight_Blu-raynRent ou comprá-lo no YouTube: http://bit.ly/MoonlightMovie_YouTubenn——nnABOUT A24: nCanal oficial da A24, as pessoas por trás do Moonlight , A lagosta, A bruxa, Ex Machina, Amy, Spring Breakers e mais n nEm breve: fogo livre, uma história de fantasma, como falar com as garotas nas festas, é à noite, Woodshock, fatia, boa hora n nInscreva-se na NEWSLETTER da A24: http://bit.ly/A24signupnVisit A24 WEBSITE: http://bit.ly/A24filmsdotcomnLike A24 no FACEBOOK: http://bit.ly/FBA24nSiga A24 no TWITTER: http://bit.ly/TweetA24nFollow A24 no INSTAGRAM: http://bit.ly/InstaA24","thumbnail_url":"https://i.ytimg.com/vi/9NJj12tJzqc/maxresdefault.jpg ", "thumbnail_width": 1280, "thumbnail_height": 720, "cache_age": 86400}, "fullBleed": falso, "opções": {"device": "desktop", "slideshowAd": {"scriptTags":[], "otherHtml": ""}, "slideshowEndCard": {"scriptTags":[{“attribs”:{},”scriptBody”:”rn (function(){rn var c = document.getElementById(‘taboola-endslate-thumbnails’);rn c.id += ‘-‘ + Math.round(Math.random()*1e16);rn rn var taboolaParams = {rn loader: “//cdn.taboola.com/libtrc/aol-huffingtonpost/loader.js”,rn mode: “thumbnails-b”,rn container: c.id,rn placement: “Endslate Thumbnails”,rn target_type: “mix”rn };rn rn rn doTaboola(taboolaParams);rn rn }());rn”}]"otherHtml": "

"}," entryId ":" 5c5c6851e4b09b65aead7651 "," isWide ": falso," headerOverride ": null," isNative ": falso," commercialVideo ": {" provider ":" custom "," site_and_category ":" us.relationships "," package ": null}}}">

“Acho importante discutirmos o 'luar' e o tipo de romance negro 'proibido'. Como uma pessoa negra queer, "Moonlight" tocou em masculinidade e interações sexuais que me falaram de uma maneira diferente de qualquer outro filme. Eu era capaz de me conectar com os personagens de forma muito diferente de alguns dos meus outros filmes de romance favoritos como 'Love and Basketball' ou 'The Best Man.' Moonlight 'fez um pedaço de mim se sentir visto, e eu acredito que abriu a porta para lá para um dia ser um filme com um romance específico que se parece com o meu. ”- George M. Johnson, jornalista e ativista cujo trabalho apareceu em Teen Vogue, BuzzFeed e Vibe

"Eve's Bayou" (1997)

<div classe = "js-reagir-hidratador" data-component-name = "YouTube" data-component-id = "8288" data-componente-props = "{" itemType ":" video "," index ": 15 , "contentListType": "embed", "code": "

"," tipo ":" vídeo "," meta ": {" url ":" https://www.youtube.com/watch?v=MVKP1G95fyM "," tipo ":" vídeo "," versão ":" 1.0 "," title ":" Eve's Bayou – Trailer "," author ":" Eve's Bayou – Trailer "," author_url ":" https://www.youtube.com/channel/UCAuUoRNGwzb0Izj1GmjpQzA "," provider_name ":" YouTube "," description ":" Louis Batiste (Samuel L. Jackson) é um médico popular na Louisiana dos anos 1960 que tem uma linda esposa (Lynn Whitfield), uma família amorosa e uma fraqueza para as mulheres. Enquanto sua esposa ignora suas infidelidades, sua filha mais nova Eve é esmagada quando ela pega seu pai em uma situação comprometedora. Suas revelações subsequentes dividem a família no poderoso filme de Kasi Lemmons, que ganhou o prêmio de Melhor Primeiro no Independent Spirit Awards. "," Thumbnail_url ":" https://i.ytimg.com/vi/MVKP1G95fyM/hqdefault.jpg " , "thumbnail_width": 480, "thumbnail_height": 360, "cache_age": 86400}, "fullBleed": falso, "opções": {"device": "desktop", "slideshowAd": {"scriptTags":[], "otherHtml": ""}, "slideshowEndCard": {"scriptTags":[{“attribs”:{},”scriptBody”:”rn (function(){rn var c = document.getElementById(‘taboola-endslate-thumbnails’);rn c.id += ‘-‘ + Math.round(Math.random()*1e16);rn rn var taboolaParams = {rn loader: “//cdn.taboola.com/libtrc/aol-huffingtonpost/loader.js”,rn mode: “thumbnails-b”,rn container: c.id,rn placement: “Endslate Thumbnails”,rn target_type: “mix”rn };rn rn rn doTaboola(taboolaParams);rn rn }());rn”}]"otherHtml": "

"}," entryId ":" 5c5c6851e4b09b65aead7651 "," isWide ": falso," headerOverride ": null," isNative ": falso," commercialVideo ": {" provider ":" custom "," site_and_category ":" us.relationships "," package ": null}}}">

“Há tantos tipos diferentes de dinâmicas de amor entre os negros representados em 'Eve's Bayou:' familial (no relacionamento entre o personagem principal Eve e seu herói, seu pai), amor romântico, amor tóxico. E o que me ressoa mais profundamente sobre esse filme é que ele é separado das narrativas típicas sobre raça e racismo incluídas em histórias sobre americanos negros ambientados naquela época (décadas de 1940 a 1960); 'Eve's Bayou' retrata um mundo onde os negros são livres para simplesmente existir e trabalhar / amar / brincar em uma atmosfera onde o ônus da discriminação não é o foco central. ”- Samantha Willis, um escritor cujo trabalho apareceu na revista Glamour e Essence

“Naz & Maalik” (2015)

<div classe = "js-reagir-hidratador" data-componente-nome = "YouTube" data-component-id = "8040" data-componente-props = "{" itemType ":" video "," index ": 18 , "contentListType": "embed", "code": "

"," tipo ":" vídeo "," meta ": {" url ":" https://www.youtube.com/watch?v=pCuUqTeZIoY "," tipo ":" vídeo "," versão ":" 1.0 "," title ":" Trailer Naz & Maalik "," author ":" Wolfe Video "," author_url ":" https://www.youtube.com/channel/UCJ2J8wGh693qfSXaz-UeKkw "," provider_name ":" YouTube "," description ":" Agora disponível em VOD e DVD do Wolfe Video! https://www.wolfevideo.com/products/naz-and-maalik/nnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnn Íntimo e meditativo, NAZ AND MAALIK examina as forças misteriosas que animam mentes adolescentes. "," Thumbnail_url ":" https://i.ytimg.com/vi/pCuUqTeZIoY/maxresdefault.jpg "," thumbnail_width ": 1280," thumbnail_height ": 720," cache_age ": 86400}," fullBleed ": falso," opções ": {" device ":" desktop "," slideshowAd ": {" scriptTags ":[], "otherHtml": ""}, "slideshowEndCard": {"scriptTags":[{“attribs”:{},”scriptBody”:”rn (function(){rn var c = document.getElementById(‘taboola-endslate-thumbnails’);rn c.id += ‘-‘ + Math.round(Math.random()*1e16);rn rn var taboolaParams = {rn loader: “//cdn.taboola.com/libtrc/aol-huffingtonpost/loader.js”,rn mode: “thumbnails-b”,rn container: c.id,rn placement: “Endslate Thumbnails”,rn target_type: “mix”rn };rn rn rn doTaboola(taboolaParams);rn rn }());rn”}]"otherHtml": "

"}," entryId ":" 5c5c6851e4b09b65aead7651 "," isWide ": falso," headerOverride ": null," isNative ": falso," commercialVideo ": {" provider ":" custom "," site_and_category ":" us.relationships "," package ": null}}}">

“Naz & Maalik” foi o primeiro longa-metragem que eu vi com duas adolescentes negras que estavam intimamente centradas. Ambos os atores, Kerwin Johnson Jr. e Curtiss Cook Jr., foram uma revelação enquanto navegavam pelos limites da homofobia, racismo e islamofobia em uma cidade grande. Sua inocência e exploração ressoaram profundamente comigo enquanto lutavam para sair e proteger sua alegria enquanto consideravam como tais decisões poderiam impactar a família, a fé e seu futuro. Eu vi meu eu mais novo em seu amor proibido e a compaixão que eles tinham um pelo outro para vislumbrar um futuro pelo qual se esforçar. Eu tinha cerca de 24 anos quando o filme foi lançado e ele falou com o crescente apelo por mais interseccionalidade necessária tanto no LGBTQ + quanto no cinema negro. Eu realmente acredito que este filme ajudou a pavimentar o caminho para filmes vencedores do Oscar, como "Moonlight", que levou as questões abordadas neste filme para um público mais amplo. "- Ernest Owens, escritor em geral na Philadelphia Magazine

“Bumerangue” (1992)

<div classe = "js-reagir-hidratador" data-componente-nome = "YouTube" data-component-id = "2065" data-componente-props = "{" itemType ":" video "," index ": 21 , "contentListType": "embed", "code": "

"," tipo ":" vídeo "," meta ": {" url ":" https://www.youtube.com/watch?v=YSpFoCXMw8k "," tipo ":" vídeo "," versão ":" 1.0 "," title ":" Boomerang Trailer 1992 "," autor ":" Detective de vídeo "," author_url ":" https://www.youtube.com/channel/UCDoLDRl0RbBWPIwR2xjjneg "," provider_name ":" YouTube ", "description": "Trailer do Boomerang 1992 nDirector: Reginald Hudlin nStarring: David Alan Grier, Eddie Murphy, Grace Jones, Halle Berry, Martin Lawrence, Robin Givens n nO conteúdo oficial da Paramount Home Entertainment n nUm homem de uma mulher perene recebe sua cabeça transformada por seu novo chefe, a versão feminina de si mesmo. n nFilmes, filmes de Boomerang, Boomerang Trailer, Boomerang de 1992, Reginald Hudlin, David Alan Grier, Eddie Murphy, Grace Jones, Halle Berry, Martin Lawrence, Robin Givens "," thumbnail_url ":" https://i.ytimg.com/vi/YSpFoCXMw8k/hqdefault.jpg "," thumbnail_width ": 480," thumbnail_height ": 360," cache_age ": 86400}," fullBleed ": false, "options": {"device": "desktop", "slideshowAd": {"scriptTags":[], "otherHtml": ""}, "slideshowEndCard": {"scriptTags":[{“attribs”:{},”scriptBody”:”rn (function(){rn var c = document.getElementById(‘taboola-endslate-thumbnails’);rn c.id += ‘-‘ + Math.round(Math.random()*1e16);rn rn var taboolaParams = {rn loader: “//cdn.taboola.com/libtrc/aol-huffingtonpost/loader.js”,rn mode: “thumbnails-b”,rn container: c.id,rn placement: “Endslate Thumbnails”,rn target_type: “mix”rn };rn rn rn doTaboola(taboolaParams);rn rn }());rn”}]"otherHtml": "

"}," entryId ":" 5c5c6851e4b09b65aead7651 "," isWide ": falso," headerOverride ": null," isNative ": falso," commercialVideo ": {" provider ":" custom "," site_and_category ":" us.relationships "," package ": null}}}">

“De todos os filmes desta lista, o 'Boomerang' de Reg Hudlin tem a distinção única de apresentar o maior elenco de filmes de todos os tempos. Quero dizer, vamos lá: Eddie Murphy, Robin Givens, Halle Berry, David Alan Grier, Martin Lawrence, Eartha Kitt, Chris Rock, John Witherspoon e mais! Na verdade, oferece uma gama de negritude. E enquanto "Boomerang" segue alguns temas típicos de rom-com (ou seja, o arco de personagem "playboy-aprende-o-erro-de-suas-maneiras-manipuladoras"), é profundo em sua representação da sexualidade negra. Ele apresenta sexualidade negra madura (Eartha Kitt), sexualidade insignificante (Martin Lawrence), sexualidade negra desajeitada (Grier e Berry), sexualidade negra queer (representada pelo ator Geoffrey Holder), sexualidade justamente egoísta da perspectiva de uma mulher negra (Robin Givens e 'sexualidade de Grace Jones', que é tão potente e espontânea que quase exige sua própria classificação.

Além disso, ‘Boomerang’ apresenta todas as armadilhas do icônico cinema negro da era dos anos 90: a música de fundo blues, a brincadeira quieta e sensual dos amantes, a fantasia quadrada popularizada por profissionais negros de classe média e alta. É simplesmente a melhor comédia romântica já feita. ”- Ja'han Jones, repórter no HuffPost

The Inkwell (1994)

″ ‘The Inkwell’ é o primeiro filme de romance centrado em adolescentes negros que eu já vi, e embora esteja longe de ser um filme perfeito, é definitivamente um dos mais memoráveis ​​para mim. É um filme de época que acontece em Martha's Vineyard no verão de 1976, e deixou um grande impacto porque mostrou riqueza e sucesso afro-americanos de uma maneira que eu nunca tinha visto em nenhum filme. "The Inkwell" explora a disparidade de riqueza dentro da comunidade negra através dos olhos de um adolescente de uma classe trabalhadora, e embora seja um filme que celebra o amor negro e a família, não se trata de raça em absoluto.

Larenz Tate é facilmente o rei das rom negras dos anos 90, mas eu amo a sua interpretação de Drew porque ele é um líder clássico de peixe fora d'água que está descobrindo um mundo sobre o qual ele sabe pouco. Drew visita parentes que têm uma casa de veraneio no Inkwell (que é o apelido de uma comunidade de praia em Martha's Vineyard, onde membros da elite negra são donos de casas e férias por décadas) e se apaixona por Lauren (interpretada por Jada). Pinkett Smith) à primeira vista. O romance entre Drew e Lauren floresce durante o verão, apesar das opiniões daqueles ao seu redor, e embora você saiba que o relacionamento será de curta duração, é o tipo de amor que você aspira a ter se assistir ao filme em sua juventude enquanto eu fez, eo tipo de relação inocente você olha para trás com carinho mais tarde na vida. "- Shontel Horne, escritor e editor cujo trabalho apareceu em Popsugar, Angeleno e New York Observer

“Baggage Claim” (2013)

<div classe = "js-reagir-hidratador" data-component-name = "YouTube" data-component-id = "7244" data-componente-props = "{" itemType ":" video "," index ": 29 , "contentListType": "embed", "code": "

"," tipo ":" video "," meta ": {" url ":" https://www.youtube.com/watch?v=zr8i-iaCcmM "," tipo ":" video "," versão " : "1.0", "título": "Reclamação de bagagem – NOVO Trailer", "autor": "FoxSearchlight", "author_url": "https://www.youtube.com/channel/UCor9rW6PgxSQ9vUPWQdnaYQ", "provider_name": " YouTube "," description ":" Veja BAGGAGE CLAIM, estrelado por Paula Patton, Derek Luke, Taye Diggs, Jill Scott, Boris Kodjoe, Adam Brody, Tia Mowry, LaLa Anthony e Djimon Hounsou, nos cinemas em 27 de setembro! Escrito e dirigido por David E. Talbert. N nwww.BaggageClaimMovie.com #BaggageClaim "," thumbnail_url ":" https://i.ytimg.com/vi/zr8i-iaCcmM/maxresdefault.jpg "," thumbnail_width " : 1280, "thumbnail_height": 720, "cache_age": 86400}, "fullBleed": falso, "opções": {"device": "desktop", "slideshowAd": {"scriptTags":[], "otherHtml": ""}, "slideshowEndCard": {"scriptTags":[{“attribs”:{},”scriptBody”:”rn (function(){rn var c = document.getElementById(‘taboola-endslate-thumbnails’);rn c.id += ‘-‘ + Math.round(Math.random()*1e16);rn rn var taboolaParams = {rn loader: “//cdn.taboola.com/libtrc/aol-huffingtonpost/loader.js”,rn mode: “thumbnails-b”,rn container: c.id,rn placement: “Endslate Thumbnails”,rn target_type: “mix”rn };rn rn rn doTaboola(taboolaParams);rn rn }());rn”}]"otherHtml": "

"}," entryId ":" 5c5c6851e4b09b65aead7651 "," isWide ": falso," headerOverride ": null," isNative ": falso," commercialVideo ": {" provider ":" custom "," site_and_category ":" us.relationships "," package ": null}}}">